Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

quinta-feira, 2 de julho de 2009

O CONTRATO COM A TERRA CORRE RISCOS


Gostaria de informar que o contrato de aluguer que acordamos há biliões de anos atrás, está prestes a terminar. Precisamos de renová-lo porém, tenho de acertar consigo alguns pontos fundamentais:

*Precisa de pagar a conta de energia. Está muito alta! Como consegue gastar tanto? Antes eu fornecia água em abundância. Hoje, não disponho mais dessa quantidade. Precisamos renegociar o seu consumo.

*Por que é que alguns na sua casa comem o suficiente e outros há que estão a morrer à fome, se o seu quintal é tão grande? Se cuidar bem da terra vai ter alimento para todos! Mas, cortou as árvores que dão sombra, ar e equilíbrio!

*O Sol está muito quente e o calor aumentou? Precisa replantar novamente! Todos os bichos e as plantas do imenso jardim devem ser cuidados e preservados. Procurei por alguns animais, e não os encontrei. Sei que quando lhe aluguei a casa eles existiam!

*Precisa verificar que cores estranhas estão, agora, por vezes, no céu? Não vê o azul! Pois é...E o cinza?

*Tanto lixo!!! Que falta de limpeza! Encontrei objectos estranhos pelo caminho. Pneus, plásticos, poluição a ameaçar Oceanos. Não vi os peixes que moravam nos rios e lagos. Pescaram-nos todos? Onde estão?

Bom, é hora de conversarmos. A sério. Preciso saber se ainda quer morar aqui. Caso afirmativo, o que pode fazer para cumprir o contrato? Gostaria de tê-lo sempre como meu inquilino, mas tudo tem um limite. Sinceramente, acha que pode mudar? Aguardo respostas e atitudes. Com urgência.
Sua casa, o Planeta Terra


http://www.youtube.com/watch?v=8jP8CC2rKj4


*


Trata bem a Terra. Ela não te foi doada pelos teus pais. Foi-te emprestada pelos teus filhos
(Provérbio antigo do Quénia)


. Recebi este texto por e-mail mas não sei quem é o autor

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial