Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

ENCONTROS ADORMECIDOS


Cansei-me dos poemas que escrevi, mas não tive coragem de os rasgar. São versos, meu amor. Falam de ti, mesmo que às vezes finjam não falar...



Este blogue termina aqui mas... continua em
http://brumasdesintra.wordpress.com/




Estou aqui não porque deva estar, nem porque me sinto cativo nesta situação, mas porque prefiro estar contigo a estar em qualquer outro lugar no mundo
(Richard Bach)

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

ABRAÇAR É UM RECURSO COM PODERES MÁGICOS


Abraçar é saudável. Ajuda o sistema imunológico, cura a depressão, reduz o stress e induz o sono. É revigorante, rejuvenescedor e não tem efeitos secundários desagradáveis. Abraçar é um remédio miraculoso. Abraçar é natural. É orgânico, naturalmente doce, sem ingredientes artificiais, não é poluidor, é amigo do ambiente e 100% motivador. Abraçar é o presente ideal. Óptimo para qualquer ocasião, divertido de dar e receber, mostra atenção, vem em invólucro próprio e é totalmente devolvível. Abraçar é praticamente perfeito. Não tem pilhas que se gastem, é à prova de inflação, não engorda, não tem pagamentos mensais, é à prova de roubo e não está sujeito a impostos. Abraçar é um recurso subutilizado com poderes mágicos. Quando abrimos os nossos braços e os nossos corações, incentivamos os outros a fazerem o mesmo. Pense nas pessoas da sua vida. Há algumas palavras que queira dizer? Há alguns abraços que queira dar. Está à espera, na esperança de que alguém peça primeiro? Por favor, não espere! Tome a iniciativa (Charles Faraone).

*
* Faz precisamente hoje três anos que iniciei este blogue onde coloquei 559 crónicas. Foi a minha forma de o abraçar. Embora tenha transitado para um espaço amplo nada está alinhado. Estou apenas a tentar encontrar-me. Vai demorar tempo mas, mesmo assim, espero pelo seu abraço em



http://www.youtube.com/watch?v=O_zo57bqyws




Precisamos de quatro abraços por dia para sobreviver. Precisamos de oito abraços por dia para manutenção. Precisamos de doze abraços por dia para crescermos
(Virginia Satir)

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

ESTOU A HIBERNAR...





Nada no mundo merece que nos desviemos daquilo que amamos
(Albert Camus)

domingo, 5 de dezembro de 2010

SAUDADES DE LINA LOPES


A última vez que me encontrei com a Lina, foi em Luanda. A tarde estava amena e convidava a um passeio calmo na orla da baía, frente à casa onde vivíamos. Éramos vizinhas e, por isso, frequentemente encontrávamo-nos. Ambas sabíamos que aquele passeio deveria ser dos últimos que habitualmente fazíamos para descontrair, já que tanto eu como ela e a filha (a imensa Vera Mónica. Uma actriz admirável) estávamos com projectos de mudança. A Lina era uma mulher encantadora, bonita, senhora de uma garra contagiante. Eu gostava, apreciava, a forma como ela enfrentava a vida. E era de uma simplicidade tocante. Nunca a vi puxar dos galões para anunciar... sou uma boa fadista. E era! Tinha tido uma carreira de grande nível ao lado dos maiores nomes da época. Admirava-a. Sempre gostei de pessoas bem formadas que se movimentam na vida com sólidos valores morais. A sua dedicação à filha, comovia. A sua Vera era tudo. Era o Sol, era o Mundo, era a Esperança. A vida moveu-se e cada uma foi para seu lado. Nunca mais vi a Lina, nem soube quando morreu. Fiquei triste e, ainda hoje, guardo na memória a doçura do seu sorriso e a grandeza da sua humanidade. Lina Lopes, deixou-nos a 6 de Dezembro de 2006. Para ela, um sorriso atirado ao Céu. Para a Vera Mónica, um abraço caloroso de admiração, amizade e conforto. Há partidas que nunca se preenchem, mas há maneiras de as entender e de não nos deixarem sós. Até sempre, Lina.



http://www.youtube.com/watch?v=va1y4tg_s_U



Não importa o tamanho da montanha, ela não pode tapar o sol
(provérbio chinês)

sábado, 4 de dezembro de 2010

ESTOU NA VIAGEM PARA A WORDPRESS.COM


Não dá para contar. Durante três dias (quase 20 horas frente ao computador) tentei fazer tudo certinho para ser transferida (obrigatoriamente) para a WordPress.com já que a Windows (vá lá saber-se porquê) decidiu anunciar o seu fim. Não me dá jeito nenhum. Já dominava, mais ou menos, o esquema e quando me apagarem o blogue, definitivamente, vou para o alto da serra chorar. Ninguém iria entender a minha saudade por palavras escritas ao longo de três anos, em alturas de profundas emoções, ou simplesmente a necessidade de contactar. Foram dias gélidos onde transpirei com tudo o que me dava errado até que, num ápice, quando eu pacientemente copiava crónica uma a uma eis que me aparece tudo (acho eu): arquivo e fotos no W. Press. Estou muito emocionada. Não percebo nada do que aconteceu e, pior, não sei se vou entender no futuro. O que eu sei é que já tenho umas saudades do meu blogue, no Windows, que mete dó. Estou com pena da minha saudade.



http://www.youtube.com/watch?v=TeOhPR_0x8E





A dúvida é o principio da sabedoria.
(Aristóteles)

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

NÃO ESPERE PELA VELHICE PARA VESTIR LILÁS


Você não tem que vencer todos os argumentos. Concorde em discordar.Tudo pode mudar num piscar de olhos. Mas não se preocupe, Deus nunca pisca.Tudo o que verdadeiramente importará no final é que você amou. As suas crianças têm apenas uma infância. O seu trabalho não vai cuidar de si quando ficar doente. Os seus amigos e pais irão. Mantenha contacto com eles. Escolha sempre a vida. Seja útil e generoso. Seja excêntrico agora. Não espere pela velhice para vestir lilás. Se um relacionamento tem que ser um segredo, não deve fazer parte dele. Se todos nós jogarmos os nossos problemas um em cima do outro e compararmos com os dos outros, agarraríamos os nossos problemas de volta. Salde a dívida dos seus cartões de crédito todos os meses. Saia do casulo todos os dias. Há milagres esperando por toda parte. Respire fundo. Acalma a mente. Quando se trata de ir atrás do que ama na vida, não aceite um não como resposta. Quando se trata de chocolate, a resistência é inútil. Quando tem dúvida, basta dar o próximo passo curtinho. Poupe para a reforma começando com o seu primeiro salário. Pode ficar zangado com Deus, Ele não se importa. Perdoe tudo de todos. O tempo cura quase tudo. Dê tempo ao tempo. O que os outros pensam de você não é da sua conta. O que não o mata realmente fá-lo mais forte. O quanto boa ou ruim é uma situação, ela vai mudar. O órgão sexual mais importante é o cérebro. O melhor ainda está por vir.


Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas desta vez depende somente de si e de mais ninguém. Ninguém é responsável pela sua felicidade, mas você é. Não se leve tão a sério, ninguém o faz. Não questione a vida Compareça e aproveite-a ao máximo, agora. Não importa como você se sente, levante-se, vista-se, e mostre-se. Não há problema em permitir que seus filhos a vejam chorar. Não compare a sua vida com a dos outros. Você não tem ideia da trajectória deles. Livre-se de qualquer coisa que não seja útil, bonita ou alegre. Faça as pazes com o passado, para não estragar o presente. Esteja muito bem preparado, mas se deixe levar pelo fluxo. Envelhecer é melhor do que a alternativa – morrer jovem. Encare cada chamada catástrofe com estas palavras “Em cinco anos, importará?” Deus o ama porque Ele é Deus, não por causa de alguma coisa que fez ou deixou de fazer. Chore com alguém, é mais saudável do que chorar sozinho. Acredite em milagres. Acenda as velas, use os melhores lençóis, vista suas melhores roupas. Não os guarde para uma ocasião especial, hoje é sempre um dia especial. A vida não vem embrulhada num grande laçarote, mas não deixa de ser um presente. A vida é curta demais para se perder tempo odiando alguém. A inveja é um desperdício de tempo. Você já tem tudo o que você precisa. A vida não é justa, mas sinceramente é muito boa (R.B.)




Há os que se queixam do vento. Há os que esperam que ele mude e há os que os preparam as velas
(Regina Brett)

domingo, 28 de novembro de 2010

AMO COM O AMOR DE AMAR


Amo como ama o amor. Não conheço nenhuma outra razão para amar senão amar. Que queres que te diga, além de que te amo, se o que quero dizer-te é que te amo? (Fernando Pessoa)


*