Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

quarta-feira, 25 de março de 2009

O HOMEM-ARANHA VAI SALVAR-TE


A dureza da vida actual não facilita a divulgação de notícias boas, positivas, capazes de transmitir alegria e admiração, que nos deixem tranquilos e não crispados perante o desfilar de acontecimentos, nacionais e internacionais, o que nos faz desligar a Rádio ou a Televisão e perguntar a nós próprias: para onde caminhamos? Há dias, o bombeiro tailandês Somchai Yoosabai, deu ao mundo uma valiosíssima lição de inteligência, de sensibilidade e de amor pelo próximo (a regra de ouro da vida). Ao responder à chamada de uma escola, em Banguecoque, a equipa de bombeiros dirigiu-se ao local e viu um rapazinho sentado num parapeito de uma janela alta. A situação era preocupante o que levou a directora da escola para crianças com cuidados especiais a chamar a polícia e a mãe do jovem que era autista e tinha oito anos.


No meio da aflição a mãe disse, casualmente, aos bombeiros que o filho adorava os super-heróis. Yoosabai ouviu e de imediato correu para o quartel de onde veio fantasiado de Homem-Aranha, fato que costuma usar quando nas escolas, faz demonstrações sobre o que se deve fazer em caso de incêndio. Sem imaginar, a chorosa mãe tinha acabado de salvar o filho. Curioso. Assim que o jovem viu o seu herói conseguiu sair do habitual mundo de isolamento e foi capaz de concentrar-se e ouvir as palavras que se iriam revelar mágicas: o Homem-Aranha está aqui para te salvar, nenhum monstro te atacará. Yoosabai, pediu para que ele andasse lentamente (correr seria perigoso). O menino assim fez: levantou-se e, sorrindo, foi calmamente ao encontro do grande herói, com os olhos a brilhar como se neles existissem constelações de estrelas.

*


Você nunca sabe que resultados virão da sua acção. Mas, se não fizer nada, não existirão resultados
(Mahatma Gandhi)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial