Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

terça-feira, 7 de abril de 2009

A CORDIAL GAFE DE MICHELLE OBAMA



Por mérito próprio, Barack Obama esteve em primeiro plano na Cimeira dos G20, realizada recentemente em Londres. Gostei de testemunhar, via TV, claro, as suas intervenções e a humildade e inteligência com que as fez e alguns inesperados resultados que obteve. Política à parte foco-me na visita do casal Obama
ao Palácio de Buckingham e recordo o momento em que a Primeira-dama americana ousou tocar Elizabeth Alexandra Mary de Windsor, a Rainha e Chefe de Estado do Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte, bem como Rainha de Antígua e Barbuda, Austrália, Bahamas, Barbados, Belize, Canadá, Granada, Jamaica, Nova Zelândia, Papua-Nova Guiné, São Cristóvão e Névis, Santa Lúcia, São Vicente e Granadinas, Ilhas Salomão e Tuvalu. Estão a ver o peso que cai em cima dos ombros de Isabel II, a mais idosa monarca britânica (83 anos) de todos os tempos.


Quando Michelle Obama cometeu a gafe de tocar em sua Alteza Real, uns, lívidos, escandalizaram-se; outros, sorriram e tiveram a capacidade de sentir que a ousadia era consequência de alguma desabituação protocolar e, além disso, ambas naquele momento tinham sido capazes de criar autenticidade na etiqueta, quando Michelle coloca a mão nas costas da soberana e esta, respondendo, coloca a sua na cintura de Michelle, dando química humana ao momento. Não me parece que a monarca se tenha escandalizado, acho mesmo que, à sua maneira, saboreou o invulgar da situação, sentindo que os seus convidados/aliados se sentiam entre amigos. Houve emoção e espontaneidade, emoções incomuns na política.


http://www.youtube.com/watch?v=VfdaqrX6WjM



Pode conseguir qualquer coisa que queira na vida, se ajudar outras pessoas a conseguirem o que elas querem
(Zig Ziglar)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial