Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

sábado, 4 de julho de 2009

JÁ PRESIDENTE, OBAMA LEMBRA ELEITORES!


A Declaração da Independência dos Estados Unidos da América foi o documento no qual as treze Colónias na América do Norte declararam a sua independência do Reino Unido. Foi ratificada no Congresso em 4 de Julho de 1776, considerado o Dia da Independência dos Estados Unidos. Nas palavras do fundador John Adams, o feriado seria o grande festival de aniversário. Deveria ser comemorado como o Dia da Libertação. Solenizado com pompa e gala, com espectáculos, jogos, prática de desportos, salvas de tiros, badaladas de sinos, fogueiras e iluminações, de uma ponta a outra do continente, de agora para todo o sempre.

Hoje, 4 de Julho de 2009, milhões de americanos receberam nos seus computadores uma mensagem pessoal do Presidente Obama (a minha tradução pode pecar por imprecisões) assinalando a data sagrada do Dia da Independência... Este fim-de-semana, a minha família vai juntar-se a milhares de outras na América, celebrando esta data. Vamos desfrutar o brilho dos fogos de artifício, o sabor do churrasco, e da companhia de bons amigos. Juntos, vamos lembrar também a notável história que conduziu a este dia. Duzentos e trinta e três anos atrás, a nossa Nação nasceu quando um corajoso grupo de patriotas prometeu as suas vidas, fortunas, e sagrada honra com o firme propósito de que seríamos criados com igualdade. O nosso País começou com uma experiência única de liberdade - uma ousada procura evolutiva para assim alcançar uma união perfeita.


E, em cada geração, um outro grupo de patriotas corajosos levou-nos um passo mais perto de realizar o pleno sonho dos nossos antepassados, consagrado naquele maravilhoso dia. Hoje, todos os americanos têm direito a uma liberdade que permite a cada -não importam as preferências - ajudar a definir o curso da nossa Nação. Uma América melhor dependeu sempre dos seus cidadãos que abraçando essa liberdade, cumpriram o dever que com ela vem. Como pessoas livres temos de assumir e enfrentar os desafios e as oportunidades que esta Nação enfrenta, como nossas.


Enquanto alguns americanos ainda lutam por uma vida melhor, nenhum de nós se pode sentir completamente satisfeitos mas a América, unida, luta para atingir a perfeita união que os nossos Fundadores, um dia, sonharam e lutaram. Esse triunfo, esse orgulho pertence a todos nós. Um por um. Assim sendo, hoje é o dia para reflectir na nossa Independência e no sacrifício das nossas tropas que, longe de casa, lutam e protegem. É o dia para comemorar tudo o que a América é. Hoje, mais do que nunca, é o momento para podermos aspirar a tudo o que poderemos vir a ser.

Com muito melhores desejos,
Presidente Barack Obama
4. De Julho de 2009


P.S. - O aniversário da nossa Nação é o momento ideal para pensar e concretizar a sua ajuda à sua comunidade local. Pode encontrar muitas ideias para oportunidades de serviço perto de você (...)

*

Os problemas do mundo não podem ser resolvidos por cépticos ou cínicos cujos horizontes são limitados por realidades óbvias. Precisamos de homens e mulheres que consigam sonhar com coisas que nunca existiram
(John F. Kennedy)

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial