Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

terça-feira, 5 de maio de 2009

CHANEL 5, UMA PODEROSA NUVEM DE ODOR


Muito cedo descobri o poder enfeitiçante do Chanel 5 que, para mim, é um perfume magnético. Há quem não goste do seu odor forte e existem imensas mulheres espalhadas pelo mundo que pura e simplesmente não o suportam. Eu não o dispenso. Posso até passar épocas sem o usar e optar por outros (dois ou três. Sou fidelíssima a aromas) mas tenho de o ter em casa. À vista. Tocável. Por vezes é o meu perfume da noite; seduz-me quando me visto com toques de gotas nos pulsos que gradualmente me envolvem inebriantemente, conquistando os sentidos. Chanel 5, como se sabe, é uma lenda no mundo da fragrância. Nenhum como ele. Tenho o frasco aqui à minha frente. Desafiando-me. Fazendo-me companhia. Animando o meu ego. Quando acabar o post, depois do banho, vou colocar duas leves nuvens de Chanel 5 e dormir com os anjos.


http://www.youtube.com/watch?v=nfoMbir_Qd4



A vida não é significado; a vida é desejo
[Charles Chaplin]

4 Comentários:

Blogger Ana Claudia disse...

Também gosto de Chanel. Mas do "Chance", mais leve.

Maria duas questões:
Para quando mais um bocadinho das aventuras da Catarina na Guiné?
Porque não assinalar com categorias os seus posts?
Seria mais fácil para encontrar e reler as histórias de Guiné.

Se precisar de ajuda, diga.

Beijo com amizade.

9 de maio de 2009 às 17:26  
Blogger MEB disse...

Olá Ana Cláudia, boa noite. Foi muito bom ter um comentário seu. Vou fazer isso, é uma ideia linda. É-lhe possível saber que árvore é aquela que está mesmo frente ao quartel de Bolama? Pode ser um ponto de partida para nova aventura...

Nas minhas quase 300 crónicas tenho muitas sobre a Guiné. Confesso que não sei o que é assinalar com categorias os meus posts!

Se me puder ajudar, agradeço imenso. Retribuo o beijo e a amizade. Cuide, p.f. da minha Guiné.

9 de maio de 2009 às 21:50  
Blogger Ana Claudia disse...

Olá MEB,

No meu blog encontra agora o meu e-mail. Mande-me um mail que lhe respondo explicando como colocar as categorias.

Vou ver se sei alguma coisa da árvore mas nem me lembro qual possa ser. Estará nas minhas fotos?

Há aqui várias árvores magnifícas. Vou ver se arranjo fotos para um post e para lhe dar inspiração. Lembra-se por exemplo dos embondeiros?

Boa escrita

Beijinhos

AC

12 de maio de 2009 às 21:06  
Blogger MEB disse...

Boa tarde Ana. Foi muito bom receber notícias suas. Os embondeiros são uma das minhas paixões. Falo muito deles nas minhas crónicas de Angola, quando fazia reportagens no mato. São as catedrais das savanas de tronco bojudo e ramos esguios erguidos aos céus. Céus, como eu gosto de África!

13 de maio de 2009 às 18:28  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial