Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

HOJE, CHAMASTE-ME... PRINCESA!



Hoje, sem te aperceberes, no meio de um diálogo rotineiro, chamaste-me princesa! Princesa! Deves ter ficado a falar, não sei de quê, confesso, porque eu já estava fora do ali. Gravitava para lá da imensa janela de vidro lambida pelo Sol tímido de Novembro que resplandecia, em reflexos de todas as cores. Gravitava no meu mundo para onde costumo fugir quando a emoção não deve ser descoberta. Voava num céu rosa, de nuvens douradas, perfumadas, carregadas de poemas e de maçãs brilhantes como rubis, onde se sentavam os calmos sonhadores, guardando nas mãos juntas pedaços de si que apanharam na alta velocidade da corrida escapatória que os trouxe ao espaço do arco-íris florido que derramava emoções. E, foi ali, sentada numa das nuvens fofas e coloridas que, por instantes, deixei escapar uma breve lágrima. A magia trouxe-me de volta, ultrapassei os imensos vidros de reflexos multicoloridos, aquecidos pelo Sol tímido da tarde e escutei...Ouviu o que eu disse? ...Ah!, sim. Claro. Respondi. Eu teria escutado tudo, se ele me tivesse chamado simplesmente, Maria!




Amigos, peçam alegria a Deus. Sejam alegres como as crianças e como os pássaros no céu
(Dostoiewski)

2 Comentários:

Blogger Fernanda disse...

Querida amiga,

Que texto mais belo, tão poético...
É uma doçura lê-la, Princesa.

Beijinhos

21 de novembro de 2009 às 21:26  
Blogger MEB disse...

Querida Ná

A isto chama-se um comentário malandro, provocatório, mas eu admiro a inteligência. É só um texto inspirado numa brisa de vida.
Beijinhos

21 de novembro de 2009 às 23:09  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial