Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

domingo, 8 de novembro de 2009

JUNTOS, VAMOS CONTINUAR A FAZER HISTÓRIA


Desde que tomou posse como Presidente da América, Barack Obama, até hoje, não deixou de estar continuamente com os que o ajudaram a eleger e, a seu lado, tem encontrado força, apoio, para enfrentar as maiores dificuldades. Ontem, era quase meia-noite na América quando obtém a sua primeira grande vitória no tão falado Plano de Saúde que para mais de 30 milhões de americanos os deixará ao nível dos restantes, só com seguros de saúde: terem direito a ser tratados nos hospitais. Eram seis da manhã quando a equipa da Casa Branca envia para milhões de americanos uma carta sobre essa vitória de Obama ...Fazendo História... diz o Presidente.


Maria

Esta noite, às 11:15 horas, a Câmara dos Representantes votou favoravelmente o projecto de Reforma do Seguro de Saúde. Apesar das inúmeras tentativas ao longo de quase um século, nenhuma Câmara do Congresso aprovou a Reforma da Saúde global. Isto, é História! Você e milhões dos seus companheiros da Organização dos adeptos da América ajudaram nesta realidade. Cada voto "sim" foi uma posição corajosa, apoiadas por inúmeras horas de porta em porta, evangelismo nas Câmaras Municipais e praças da cidade, milhões de assinaturas, e centenas de milhares de chamadas. Você levantou-se. Você falou. E foi ouvido. Portanto, esta é uma noite para comemorar - mas não para descansar. Aqueles que votaram a favor da Reforma merecem os nossos agradecimentos, e a próxima fase desta luta já começou.


O projecto do Senado ainda nem foi lançado, mas as Companhias de Seguros já estão a pressionar fortemente por uma obstrução para enterrá-lo. A OFA construiu um enorme bairro-a-bairro, numa imensa operação para trazer a voz do povo ao Congresso e, hoje, vimos os resultados. Mas nos próximos dias irá colocar os nossos esforços no teste final.Vencer, exigirá de cada um de nós tudo o que pudermos dar, começando agora. (...). A votação desta noite trouxe todos americanos mais próximos dos cuidados de saúde, seguro e economicamente acessível. Mas foi também um divisor de águas na forma como a mudança é feita (...) os lobistas de informação privilegiada e muitas cooperativas partidária agora estão desesperados. Porque, hoje à noite, você deixou bem claro: as regras estão a mudar - e as pessoas não serão ignoradas. Nas fases finais da eleição do ano passado, sempre lembrei ...Não pense por um minuto que o Poder concede sem lutar... e, isso, hoje, é especialmente verdadeiro. Mas tudo bem - não temos medo de uma luta. E você pode a provar que, quando todos trabalhamos em conjunto, temos tudo que é preciso para vencer (...). Vamos vencer esta luta e garantir que a Reforma da Saúde chega à minha mesa até ao final deste ano.

Juntos, vamos continuar a fazer História,
O presidente Barack Obama



A Nação é composta pelos mortos que a fundaram e pelos vivos que a mantêm
(Joseph Ernest Renan)

Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger Fernanda disse...

Querida Meb,

Foi realmente com muita emoção que ouvi as notícias ontem sobre esta vitória gloriosa de Obama.

Obrigada por este texto fantástico.
Que todos os cidadãos americanos tenham direiro a assistência médica, todos por igual, com a mesma dignidade. Afinal só assim faz sentido.

Bravo Mr.President!

Parabéns amiga,
Beijinhos,

8 de novembro de 2009 às 19:21  
Blogger MEB disse...

Amiga

Na realidade o Presidente está de parabéns. Ainda não venceu totalmente mas não teve medo de enfrentar um tema escaldante que envolvia, injustamente, 36 milhões de americanos.
Descobri-o nas Primárias quando eu era por Hillary, mas fui-me apercebendo do seu valor e inteligência invulgares.
Bijs

9 de novembro de 2009 às 00:06  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial