Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

sábado, 22 de maio de 2010

AGORA NÓS, MISTER ONE...


Eu gosto de si. Admiro os olhos com que o vejo e valorizo-lhe o saber, a determinação, a coragem, a firmeza. Reconheço-lhe que tem uma pancada mas qual é o sábio que a não tem! E, você, José Mourinho é, à sua maneira, no seu campo de actuação, um sábio. Tem já direito à sua loucura. Não percebo nada de futebol todavia, quando a Selecção Nacional se reúne para enfrentar batalhas nos relvados do mundo eu ascendo (de imediato) a douta treinadora de bancada. E, nessa qualidade, ainda hoje me fere recordar quando escutei Felipe Scolari dizer -numa altura impensável de isso ter acontecido- aos seus jogadores (em pleno Euro 2008) que ia para o Chelsea. Caíu-me o coração aos pés tal como voltou a acontecer quando, há dias, li a sua declaração à imprensa europeia onde dizia...Portugal tem uma boa equipa com Cristiano Ronaldo, mas não chega para ganhar o Mundial. Nem com Cristiano a mil à hora teria possibilidades...



Pode ser verdade mas isto não deveria ter sido dito por si, a semanas de irmos para a África do Sul. Fiquei uma treinadora de bancada dividia entre a fúria e a tristeza ao ver abanar o pedestal do meu herói. Eu que nem fui capaz de ver o jogo que fez a Europa render-se a seus pés (eu não, estou no amuo) com medo que o Bayern lhe rasgasse o sonho. Eu que não publiquei isto no dia seguinte às declarações para não beliscar uma pontinha que fosse da expectativa de como rolaria o esférico no Santiago de Bernabéu não fossem os alemães tirar algum coelho da cartola. Deixou uma Itália ao rubro e uma Espanha em banho-maria desejosa de o ter como Mister do Real Madrid. Por onde passa, conquista. Encanta. É verdade. Mas, comigo, José, está de quarentena.





Sempre que houver alternativas tenha cuidado. Não opte pelo conveniente, pelo confortável, pelo respeitável, pelo socialmente aceitável, pelo honroso. Opte pelo que faz o seu coração vibrar.
Opte pelo que gostaria de fazer, apesar de todas as consequências
(Osho)


2 Comentários:

Blogger Willoughby disse...

Parabéns!
Comungo do seu sentir.
Mas a última mensagem que transcreve fica mesmo a matar. Encerra o post com chave de ouro.

23 de maio de 2010 às 22:36  
Blogger MEB disse...

Obrigada. Sabe, soube-me bem escrever este post. Apeteceu-me fazê-lo. Nada é encenado, é sentido. Sou "viciada" na Selecção e (acredite) fora ela não percebo nada de nada de futebol. Tenho uma ideia clara sobre a Africa do Sul, Queiroz e a Selecção mas esta é a altura de apoio total. Fidelidade.

24 de maio de 2010 às 01:09  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial