Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

quarta-feira, 20 de maio de 2009

MILHÕES DE CRIANÇAS DORMIRÃO NA RUA



A avaliar pela minha caixa de correio a Internet tomou conta da mundo! Os emails chegam num ritmo impressionante, por vezes repetidos, por vezes sem interesse, por vezes irritantes mas, felizmente, a maioria das vezes extraordinariamente importantes. Dos que comecei hoje a abrir fiquei por este. Achei-o profundo. Tocante. Confesso que não sei se o que refere é cumprido rigorosamente em Cuba. Tenho óbvias dúvidas. Mas, se não for, devia. Em Cuba e em cada milímetro de terra da nossa Terra. Enquanto os adultos não souberem defender cada criança do Planeta este barco -onde todos viajamos- sofre permanentes ameaças de abalroamento. Pelas consciências.


O vídeo que vai ver foi filmado em Cuba pelo controverso Michael Moore (cineasta, documentarista e escritor americano conhecido pela acutilante crítica em relação à violência armada, à invasão do Iraque e à hipocrisia dos políticos, Bush não foi poupado, é evidente). Foca o sistema nacional de saúde cubano. Cuba, onde as crianças não têm acesso a Play Stations (pelo menos com facilidade). Nem se sentem inferiorizadas por não vestirem roupas de marca. Onde os supermercados não apresentam 60 marcas de manteiga diferentes. E a TV não mente a publicitar que os Danoninhos ajudam as crianças a crescer. Os carros de luxo não abundam. Nem as malinhas Louis Vuitton. Mas têm, talvez, o mais avançado sistema de saúde de todo o Planeta. E um sistema de ensino ímpar, em que os professores ensinam e os alunos aprendem, com rigor e disciplina, onde não há lugar para Escolas Novas, estatísticas duvidosas, pseudo universidades. Há empregos. As ruas são seguras, livres de criminalidade e de drogados. Mas os cubanos têm falta de liberdade...

* Para assaltarem idosos e crianças.
*Para agredirem professores dentro das escolas.
*Para dispararem contra polícias.
*Para desrespeitarem o seu semelhante.
*Para políticos corruptos que enriquecem à sombra do erário público.


Cuba, onde tantas coisas faltam, principalmente as supérfluas, as inventadas pelo capital na sua necessidade de se reproduzir. Mas onde abundam a solidariedade, a fraternidade e, principalmente, a humanidade.


http://video.google.com/videoplay?docid=-8478265773449174245&hl=pt-BR




Esta noite milhões de crianças dormirão na rua, mas nenhuma delas é
cubana
(Fidel Castro)

Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger Ana Claudia disse...

É impressionante!

E Cuba é fantástica em vários aspectos.

Que saudades.

22 de maio de 2009 às 00:38  
Blogger MEB disse...

Não conheço Cuba mas gostaria e num tempo que já não deve durar muito. Gostava de sentir o carisma dessa ilha que, penso, se respirará passo a passo, esquina a esquina. No seu lado bom e menos bom.

23 de junho de 2009 às 19:29  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial