Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

DESAFIANDO O SOPRO DO VENTO


Confia-se, quando se cria na pista o sopro do vento e nele se desliza ao sabor do saber e da emoção. Expressa-se elegância, domínio. Distribui-se agilidade, segurança, em movimentos ensaiados à exaustão nas figuras desenhadas por corpos esbeltos, sincronizados com as melodias que completam os gestos em sublimes expressões de arte. Confia-se a cada segundo e em cada voo que desafia o vento com a velocidade da alma de artista. Imponente. Intocável. Poderosa. Suprema.


Confia-se no saber e na tranquilidade de um coração mensageiro que relembra -no cortar do sopro de vento- que a tranquilidade é necessária à sincronia dos movimentos quando se viaja, em abandono, no rodopiar veloz de quem corta o sopro do vento. As mãos, ganham magia; o corpo, requebra-se em desafios de equilíbrios; o rosto, etéreo, sublime, ilumina-se como cristal resplandecente sob os projectores que acompanham o deslizar de quem domina o espaço, a gravidade, e se transporta para dimensões libertas onde ser anjo é quase ilusoriamente possível.
*

Um minuto de felicidade vale mais que mil anos de glória
(Voltaire)

2 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Muito Querida Amiga, MARIA ELVIRA!
Surpresa mais do que agradável....... Vezes sem conta perguntei a ex-colegas por MARIA ELVIRA...depois, o tempo vai passando!!! ... mas não esquecemos NUNCA com quem privamos por anos, pessoas que estavam e estão na nossa lembrança e coração... Aqui não vou alongar-me, deixo meu contacto e aguardo que a Querida MARIA ELVIRA deixe a sua mensagem e telefone que eu ligo, valeu ? nem sabe a alegria que vai proporcionar-me._ [ belmar43@yahoo.com.br ]. Um bju de Belo e ana

7 de agosto de 2009 às 09:55  
Blogger MEB disse...

Fiquei radiante com a possibilidade de ter encontrado alguém que conheci e que o tempo separou. Mas, para ser sincera não estou a ver quem é. Quer dar mais umas referências? Onde
nos encontrámos ou trabalhámos? Estão no Brasil? Depois telefono, quando souber quem é. Apesar da ignorância, retribuo o beijo. A si e à Ana

7 de agosto de 2009 às 20:23  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial