Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

domingo, 10 de janeiro de 2010

UM PORTUGAL CHUVOSO, BRANCO E FRIO


De Norte a Sul apareceram muitos bonecos de neve, mais ou menos bem decorados, em locais onde habitualmente o cair das moscas brancas não acontece.Estamos com um Portugal tremido, mas comparado com a restante Europa é, continua a ser, um cantinho gostoso. Aproveite a onda friorenta, dê largas à imaginação, deslize pela neve, pegue nela e molde a escultura possível ou a sonhada, e como o Planeta está a aquecer, mais mês menos mês, o Sol que nos alimenta e aviva a vitamina D, aparecerá no seu esplendor para nos envolver, aquecer e bronzear.




http://www.youtube.com/watch?v=wfTHwjAfwSw




A neve e a tempestade matam as flores, mas nada podem contra as sementes
(Khalil Gibran)

2 Comentários:

Blogger Luis disse...

Minha Boa Amiga,
É sempre um prazer visitá-la! São as imagens, são os conceitos que escolhe, enfim saímos satisfeitos com as suas escolhas e em Paz!
Realmente este ano está a ser muito rigoroso mas considerando o que se passa pelo mundo fora, nós estamos num paraíso! Não nos podemos queixar muito!
Um beijinho muito amigo.
Luís

12 de janeiro de 2010 às 03:22  
Blogger MEB disse...

Amigo Luís
Reconheço que estou numa fase de pura hibernação a qual quero disfarçar mas, faço-o mal! Publico coisas dispersas, não há uma ligação em mim. Com frio, não penso. Não sinto para lá de mim. Apetece-me mesmo hibernar.

Todavia, vou tentando não "fazer feio" mas só lá para Março vou readquirir a forma do entusiasmo que habitualmente me anima. Ainda bem que gosta do que publico. Sabe que fico feliz.Obrigada pelo apoio. Um abraço amigo

12 de janeiro de 2010 às 23:00  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial