Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

segunda-feira, 8 de março de 2010

SABEM QUE UM ABRAÇO PODE CURAR UM CORAÇÃO FERIDO


Quando Deus criou a mulher, já estava nas horas extras do seu sexto dia de trabalho. Aí, apareceu um anjo que lhe disse: porque gastas tanto tempo com ela? E o Senhor respondeu: viu a minha folha de Especificações? O anjo, admirado, perguntou: para ela? Sim, deve ser completamente lavável, mas não de plástico, ter mais de 200 partes móveis, todas arredondadas e macias, capaz de funcionar com uma dieta de qualquer coisa e sobras. Ter um colo que possa acomodar quatro crianças ao mesmo tempo, ter um beijo com o poder de curar desde um joelho raspado até a um coração ferido e fazer tudo isso somente com duas mãos. O anjo ficou verdadeiramente maravilhado com os requisitos e disse: tudo isso somente com duas mãos? Impossível, Senhor. E este é somente o modelo standard? Ah! é muito trabalho para um dia só. Espere até amanhã para terminá-la, Senhor.


Não o farei. Estou muito perto de terminar esta criação, que é a favorita do meu próprio coração. Ela cura-se sozinha, quando está doente, e pode trabalhar 18 horas por dia. O anjo não podia estar mais admirado. Aproximou-se e tocou na mulher. Fizeste-a tão suave, Senhor! Sim, é suave, disse Deus, mas não fazes a mínima ideia do que pode aguentar ou conseguir. Ah! Será capaz de pensar? perguntou o anjo. Deus, respondeu: não só pensar como raciocinar e negociar. O anjo ficou calado e chegando-se perto da mulher tocou levemente na sua pálpebra. Senhor, parece que este modelo tem um vazamento. Eu disse-Te que estavas a colocar nela muitas coisas. Não é nenhum vazamento. É uma lágrima! Mas, Senhor, para que serve uma lágrima? As lágrimas são a sua maneira de expressar os seus sentimentos, solidão, desenganos, dores, sofrimento, orgulho, explicou Deus. O anjo ficou impressionado. Continuava a olhar com admiração a mulher e disse: és um génio, Senhor. Pensaste em tudo. É verdadeiramente maravilhosa. Tens razão, ela é mesmo maravilhosa.


A mulher tem forças que maravilham os homens. Aguentam dificuldades, carregam grandes cargas físicas e emocionais. Tem amor e sorte. Sorriem, quando querem gritar. Cantam, quando lhes apetece chorar. Choram, quando estão felizes e riem quando estão nervosas. Lutam pelo que acreditam. Enfrentam com garra a injustiça. Não aceitam não como resposta, quando acreditam que exista uma melhor solução. Privam-se para que não falte à sua família. Acompanham uma amiga que tem medo de ir ao médico. Amam incondicionalmente. Choram quando os seus filhos se alegram, quando os seus amigos conseguem prémios. São felizes, quando ouvem falar de um nascimento ou de um casamento. Sensibilizam-se. O seu coração despedaça-se quando morre uma amiga. Sofrem com a perda de um ser querido, mas são ainda mais fortes quando pensam que já não têm mais forças. Sabem, também, que um beijo e um abraço podem ajudar a curar um coração ferido. Mas, apesar de todas estas qualidades elas têm um incorrigível defeito. O anjo estava admiradíssimo e nem perguntou qual era, foi Deus quem disse: frequentemente, esquecem-se de quanto valem!



A vida de uma mulher é a história dos seus afectos
(Washington Irving)

3 Comentários:

Blogger Fernanda disse...

Minha querida amiga MElvira,

Vou começar por lhe pedir desculpa, sei que apesar de tudo não mereço, mas atrevo-me a pedir-lhe que me perdoe por tão longo afastamento.

Eu...que sempre digo que para os amigos há sempre tempo!!!
Não que eu a tenha esquecido, não podia, não esqueço ninguém, muito menos uma pessoas tão especial e querida.

No dia Internacional da mulher, que sejam lembradas todas as que lutaram, as que lutam e especialmente as que são ainda escravizadas e consideradas como seres menores.

Depois de 20 de Março, voltarei com a frequência habitual, prometo.

Receba um abraço muito terno e beijinhos desta sua amiga que a tem no coração,

8 de março de 2010 às 19:23  
Blogger MEB disse...

Amiga Ná
Claro que a sua presença é sempre muito gratificante mas eu sei
(calculo)a ginástica que deve fazer com o seu tempo. Não tem problema, eu sei que não esqueceu. Mesmo não estando presente com tanta frequência, não está ausente. Estou a tentar tratar do que me referiu. Não é fácil. Preciso do texto em português p.f.
Beijinhos.

9 de março de 2010 às 19:18  
Blogger Fernanda disse...

Querida amiga,

Começo hoje outra nova etapa.
Limpar Portugal dar-me-à ainda algumas reuniões, sobretudo porque nem todas as freguesias do concelho tiveram a coragem de enfrentar a chuva de um dia que podia ter sido bem mais agradável e teria facilitado em tudo a operação, mas....

Queria dizer-lhe agora, que estou entre o computador e um coelho no forno :)))), que voltarei e conto pôr-me a par de tudo o que publicou.

Também queria pedir-lhe que não deixasse de e ajudar no outro assunto. Para o efeito já lhe enviei o CV em Português.

Tenha um bom Domingo amiga querida, eu volto.

Beijinhos

21 de março de 2010 às 12:39  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial