Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

sábado, 28 de junho de 2008

AS FÉRIAS DE SIR BILL


Não é uma certeza é, apenas, uma probabilidade: Bill e Melinda, talvez estejam neste momento a prepararem-se para o jantar (diferença horária de seis horas. Em Portugal 23.50) numa zona deslumbrante das Caraíbas, gozando o primeiro dia de férias do reformado mais rico do planeta. Bill, foi, durante anos (1995 a 2007), o homem mais rico do mundo. Presentemente, ocupa o terceiro lugar. Começou por perder o título para o mexicano Carlos Slim, empresário e magnata das telecomunicações e este, por sua vez, seria vencido pelo investigador norte-americano Warren Buffet, com uma fortuna avaliada em 62 bilhões de dólares.


Deve ser saborosa esta libertação do homem cinquentão, nasceu em Outubro de 1955, que na vida sempre trabalhou e até se deu ao luxo de trazer o mundo a milhões de pessoas, através de janelas recheadas de informação. O seu maior sonho sempre foi que em cada casa e em cada posto de trabalho existisse um computador pessoal equipado com o seu sistema operativo e os seus recursos multimédia. As inovações tecnológicas que a sua equipa tem vindo a apresentar, têm contribuído significativamente para a transmissão global da informação, democratizando o acesso à cultura e ao conhecimento.


Para trás ficou um percurso impressionante (estudou no Colégio de Lakeside e na Universidade de Harvard), de um jovem que um dia (1968), pela primeira vez, tomou contacto com computadores. Conhece Paul Allen, com quem começou a escrever programas informáticos para venda a empresas e administrações públicas Desde 1993 que Bill Gates, através da Microsoft, apostou em conteúdos multimédia, com grande relevância para os de cariz educativo, estabelecendo inúmeros protocolos com escolas e universidades. A partir daí foram anos gloriosos de descobertas e concretizações. Trabalho feito, consciência tranquila (descobriu a sua missão na vida), Sir William Henry Gates (nomeado cavaleiro por Isabel II, de Inglaterra) e a sua mulher, Melinda French Gates -conheceram-se num encontro com a imprensa de Manhattan (Nova Iorque), casaram-se no Hawai, a 1 de Janeiro de 1994. Têm dois filhos: Jennifer Catherine e Rory John Gates.


Apesar do casal ter tido sempre muito dinheiro, nunca deixou de ajudar. Gastou já uma parte substancial da sua fortuna, um terço, em causas humanitárias, acompanhando pessoalmente muitas das acções que subsidiam, financiando a melhoria dos cuidados de saúde em África e a educação nos Estados Unidos. O projecto futuro é dedicar-se, por inteiro, à Fundação Bill & Melinda.


Na hora do adeus de B.Gates, lembro um caso passado com o reitor de uma Universidade do Sul da Califórnia que enviou um email para a Microsoft, convidando Bill Gates a fazer um discurso no dia de formatura, incentivando os formandos no início de suas carreiras e, para sua (enorme) surpresa, Bill Gates aceitou! Esperava-se que ele fizesse um discurso longo, de mais de uma hora, afinal ele era o dono da Microsoft e possuía, na altura, a maior fortuna pessoal do mundo! Mas, Bill, para admiração geral, foi extremamente lacónico, falou (apenas) durante cinco minutos, subiu para o seu helicóptero e foi-se embora…


Conheça as 11 regras que ele compartilhou com os formandos naquela ocasião:


-Vocês formaram-se e, portanto, vão deixar os bancos escolares para enfrentarem a vida lá fora. Não a vida que vocês querem, não a vida que vocês sonharam ter mas, sim, a vida como ela é. Estão a deixar um mundo educacional que está a perverter o conceito da educação, adoptando um esquema que visa proporcionar uma vida fácil para a nova geração. Essa política educacional leva as pessoas a falharem nas suas vidas pessoais e profissionais mais tarde. Vou compartilhar com vocês onze regras que não se aprendem nas escolas:




*A vida não é fácil. Habitua-te a isto.

*O mundo não está preocupado com a tua auto-estima. O mundo espera que faças alguma coisa de útil por ele antes de aceitá-lo.

*Não vais ganhar vinte mil dólares por mês assim que saíres da faculdade. Não serás vice-presidente de uma grande empresa, com carro e um telefone à tua disposição, antes de teres conseguido comprar o teu próprio carro e o teu próprio telefone.

*Se achares que o teu pai ou o teu professor são rudes, espera até teres um chefe. Ele não terá pena de ti.

*Vender jornais velhos ou trabalhar durante as férias não te diminui socialmente. Os teus avós tinham uma palavra diferente para isso: chamavam-lhe oportunidade

*Se fracassares não aches que a culpa é dos teus pais. Não lamentes os teus erros, aprende com eles.

*Antes de nasceres os teus pais não eram tão críticos como agora. Eles só ficaram assim por terem de pagar as tuas contas, lavar as tuas roupas e ouvir-te dizer que eles são ridículos. Então, antes de salvares o planeta para a próxima geração, querendo corrigir os erros da geração dos teus pais, tenta arrumar o teu próprio quarto.

* A tua escola pode ter criado trabalhos em grupo, para melhorar as notas e eliminar a distinção entre vencedores e vencidos, mas a vida não é assim. Nas escolas podes repetir o ano e ter várias hipóteses para acertares. Isto não se parece absolutamente nada com a vida real. Se pisares o risco, serás despedido… Rua! Faz tudo certo logo à primeira vez.

*A vida não é dividida em semestres. Não terás sempre férias de Verão e é pouco provável que outros empregados te ajudem a cumprir as tuas tarefas, no fim de cada período.

* O que vês na televisão não é a vida real. Na vida real, as pessoas têm que deixar o bar ou a discoteca e ir trabalhar.

*Sê simpático para com todos os teus colegas mesmo aqueles que te pareçam medíocres. Existe uma grande probabilidade de vires a trabalhar para um deles.


Todos os telemóveis como sistema operativo Windows Mobile vão passar a usar tecnologia portuguesa. No dia em que Bill Gates abandona a empresa que fundou em 1976, a Microsoft anunciou a sua primeira aquisição em Portugal, a multinacional
americana iniciou o processo de compra da portuguesa Mobicomp.

(Correio da Manhã)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial