Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

TENTEI ESQUECER PESSOAS INESQUECÍVEIS



Já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei que isso pudesse acontecer mas, também já decepcionei alguém. Já abracei para proteger, já ri quando não podia, já fiz amigos eternos. Amei e fui amado, mas também já fui rejeitado e também fui amado e não amei!


Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, quebrei a cara muitas vezes! Já chorei ouvindo música e vendo fotos, já telefonei só para escutar uma voz. Apaixonei-me por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial (e acabei por perder). Mas vivi, e ainda vivo!Não passo pela vida. E, você, também não deveria passar! Viva! Bom mesmo é ir à luta com determinação, abraçar a vida com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito para ser insignificante. C.C.
Sir Charles Spencer Chaplin Jr., morreu a 25 de Dezembro de 1977.



O homem não morre quando deixa de viver, mas sim quando deixa de amar
[Charles Chaplin]

2 Comentários:

Anonymous fashion jewelry disse...

lol,so nice

5 de janeiro de 2009 às 16:50  
Blogger Sofia disse...

Oie!

Anjo, eu tbm achava que esse txt "Já perdoei erros..." era do Chaplin, mas vi que é de um poeta chamado Augusto Branco. Só olhar no google ou no you tube pra conferir ;D
Beijinhos!!

12 de julho de 2010 às 14:58  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial