Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

terça-feira, 8 de setembro de 2009

A BELEZA NÃO É A PALAVRA-CHAVE DA VIDA!


Não sei se é gorda, magra, se é alta ou baixa. Se é loura, morena, se é bonita ou feia (não há mulheres feias, às vezes existem distracções da Natureza...). Assim, a meu favor tenho muito pouco porque ignoro dados que me permitiriam imaginar um retrato fiel. Não sei, é verdade, mas não faz mal. Por isso, posso pensar que talvez seja o tipo de mulher que faria o Kevin Costner (já teve melhores dias) olhar para trás quando, por qualquer milagre do destino (só podia mesmo ser milagre) se cruzasse com ele, sei lá, no Chiado, no Madeirense (Amoreiras), ou na Volta do Duche, em Sinta (eu já encontrei nesta vila de reis o Brad Pitt e, sobrevivi!). Posso também pensar que não é o tipo espectacular de mulher (como a deslumbrante Nicole Kidman, na foto) e a conclusão não me preocupa porque não é importante. Importante, sim, é saber que seja você quem for, é você!


Seja lá como for será a mais interessante mulher do mundo se cultivar a arte de ser natural, autêntica, que caminha na vida disposta a vencer os obstáculos diários que se lhe apresentam, sem esquecer que a seu lado há quem precisa de ajuda. Ser solidária é, cada vez mais, uma necessidade dos tempos actuais, visivelmente marcados por violentas dificuldades. Saber jogar na vida com a arma do seu Eu e dispor da incalculável riqueza que é a Alma humana: será alguém de vontade livre, de espírito criador, cheia de ideais, disposta a participar, a estender a mão, a esboçar um sorriso, a dizer aos dias e aos outros: estou aqui!


Imaginemos agora que é baixinha e gordinha (o Costner não ia mesmo reparar) não por ele mas por si, devia cuidar-se e recuperar a forma porque a saúde está sempre de mãos dadas com a aparência. Tomás de Aquino (o mais sábio dos santos e o mais santo dos sábios), inimigo do exercício físico, ficou redondinho de gordo. Apesar disso, não deixou de ser uma importante personalidade, é verdade. Mas, eram outros tempos. Não é gorda, mas é tímida! Bom, também não deveria ajudar na conquista do Kevin, mas, lembre-se, que Charles Darwin que nunca foi capaz de perder a sua aflitiva timidez deu ao Mundo a Teoria da Evolução. Como reparou a beleza não é a palavra-chave da vida É reconfortante saber que mulheres sem serem visivelmente deslumbrantes conquistaram, pela sua capacidade, inteligência e saber, lugares de destaque em sectores vitais. O universo feminino está em franca expansão, conquista cada vez mais espaços habitualmente pertencentes aos homens e fazem-no muito bem. Cada vez melhor. A beleza não é acessível a todas mas uma conduta física e mental que ajude a um melhor aspecto é algo que todas as mulheres têm direito e obrigação. Para isso há que mudar hábitos e optar por um estilo de vida saudável. A beleza mais esplendorosa é aquela que bate no coração, mas ajudar a Natureza só lhe fica bem.

A esperança é um sonho que caminha
(Aristóteles)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial