Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

terça-feira, 1 de setembro de 2009

NO DIA EM QUE JESUS DESCEU À LUZ...


Não é segredo que Jesus gosta de futebol. Sempre gostou! Ficaram famosas algumas das suas vitórias no paraíso das terras calmas e verdejantes que acabou por trocar no dia em que pensou e decidiu descer (com o vermelho Arcanjo Camael) à cidade Luz ( não confundir com Paris) para orientar os seus Serafins, Querubins, Anjos e Arcanjos. A partir daí os meio perdidos, com sede de golos, vivendo a saída de mais um treinador com o qual não entraram em sintonia, sentiram novas energias e, incentivados por ordens divinas rapidamente desenvolveram maravilha.


Jesus era, sem dúvida, uma presença inspiradora. E, rapidamente, os treinos começaram a fazer milagres. Os seus anjos soltaram-se; no relvado, pareciam ser guiados pelos cordelinhos do Infinito. Deixaram de lutar estilo salgueiro, optaram pela flexibilidade do bambu. Esqueceram o passado, sacudiram a negatividade que os limitava e a insegurança virou domínio. Absoluto. As movimentações passaram a interferir com o Universo, e dele começaram a receber sintonias evolutivas. E, no dia 31 de Agosto do ano 2009, no Estádio da Luz, frente ao Vitória de Setúbal, entraram demolidoramente no fresco relvado e, frenética e escandalosamente, infringiram uma tremenda goleada ao adversário (8-1) que ainda conseguiu dizer: há dias em que não se devia sair de casa. Eles não têm Jesus!



É preciso pensar para acertar, calar para resistir e agir para vencer
(Renato Kebl)


Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger Mourato disse...

"O meu Benfica", esta expressão que tão timidamente tem sido dita nos últimos anos passou a ser novamente citada com orgulho. Se a "culpa" é de Jesus, dos jogadores ou do resultado frente ao Setúbal, eu não sei. Por mim isto deve-se a uma vontade enorme demonstrada dentro de um campo onde para gáudio dos sócios e simpatizante essa se transformou num resultado histórico de 8 a 1 para o Glorioso.
Esperemos que esta boa onda continue para os lados da Luz, é sinal que este ano será o ano da viragem, no futebol e quem sabe também na política. O povo está a precisar de alegrias desportivas e políticas, por isso brando aos céus "Viva o Benfica", quanto à política abstenho-me de me pronunciar, ficando-me pelas entre linhas...

2 de setembro de 2009 às 10:09  
Blogger MEB disse...

Portugal vai entrar num período de surpresas agradáveis. Em todos os campos. Só pode!

2 de setembro de 2009 às 18:09  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial