Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

terça-feira, 9 de março de 2010

CADA EMIGRANTE É A FORÇA DE PORTUGAL


Ser-se emigrante é sentir-se em cada esquina do dia o reflexo da Pátria distante nas saudades que emudecem afectos. É um estar lá estando-se (muito) aqui. É um não ter e dar, partilhar, reviver, conviver. Cada emigrante guarda uma história para contar, uma lágrima vertida em surdina e solidão. É um agarrar no tempo para que a memória não se desvaneça, as raízes não se percam e as histórias das suas aventuras surjam em narrativas de memórias rodopiantes como um carrossel colorido, girando, esvoaçando, num bailado ternurento com pedaços de vida que completam vidas que abraçarão gerações. Cada emigrante distante, é a força de Portugal.




http://www.youtube.com/watch?v=EF39fhsAB3A



http://www.youtube.com/watch?v=tqkLzjE0kMA&NR=1






Deus quer, o homem sonha, a obra nasce/Deus quis que a terra fosse toda uma,/Que o mar unisse, já não separasse./Sagrou-te, e foste desvendando a espuma,/E a orla branca foi de ilha em continente,/Clareou, correndo, até ao fim do mundo,/E viu-se a terra inteira, de repente,/Surgir, redonda, do azul profundo./Quem te sagrou criou-te português./Do mar e nós em ti nos deu sinal.Cumpriu-se o Mar, e o Império se desfez./Senhor, falta cumprir-se Portugal!
(Fernando Pessoa)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial