Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

O BOM VISIONÁRIO NO MUNDO REAL


Gosto de olhar para esta imagem de Barack Obama, o Presidente-eleito dos EUA. Ela foi captada numa das suas intervenções quando a chuva caiu sem dó nem piedade em cima dele e de todos os que entusiasmados o escutavam. Acho, até, que esta foto se cola bem a um certo ar messiânico que o Presidente parece ter conquistado. Encharcado até aos ossos, como orador excelente que é não perdeu nem a compostura nem sequer o ritmo quer da voz quer da linha de pensamento. E foi assim que de obstáculo em obstáculo, conquistou o direito à Casa Branca.


É muito interessante ir seguindo pela Net (no portal do governo) o que Obama e a sua (excelente) equipa estão a fazer até chegar à Presidência. Estou a gostar muito dos critérios que Barack está a seguir para formar o seu governo, demonstrando que a prioridade é nacional, até mundial e não partidária. Já está a fazer história que, no final do século, será lembrada pela maioria dos norte-americanos e presidentes incluídos. Só por quem é, de onde veio e como chegou à vitória, já entrou mesmo para a História e, ainda, não pisou oficialmente a Casa Branca!


Só pela forma como está a formar um governo, com as prioridades nacionais acima das políticas, já está a criar bons precedentes que serão referência de presidências futuras, mesmo antes de começar a sua. Só lhe falta agora começar a governar e provar que, apesar de tudo, não é apenas o mito que fascina, mas é mesmo um bom visionário que habita o mundo real e que fará (espera-se) melhor do que pior, mais medidas concretas que erros e reconduzirá a sua Nação ao futuro que, talvez (ainda) não tenha perdido.


Uma vida é uma obra de arte. Não há poema mais belo que viver em plenitude
(Georges Clemenceau)

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial