Brumas de Sintra

Ponto de encontro entre a fantasia e a realidade. Alinhar de pensamentos e evocação de factos que povoam a imaginação ou a memória. Divagações nos momentos calmos e silenciosos que ajudam à concentração, no balanço dos dias que se partilham através da janela que, entretanto, se abriu para a lonjura das grandes distâncias. Sem fronteiras, nem limites

A minha fotografia
Nome:
Localização: Portugal

O meu nome é Maria Elvira Bento. Gosto de olhar para o meu computador e reconhecer nele um excelente ouvinte. Simultaneamente, fidelíssimo, capaz de guardar o meu espólio e transportá-lo, seja para onde for, sempre que solicitado. http://brumasdesintra.blogspot.com e brumasdesintra.wordpress.com

domingo, 4 de outubro de 2009

VIAGENS, LIBERDADE, SONHOS E DESEJOS


Na tentativa de te encontrar, parti ao encontro das estradas luminosas por onde andam aqueles que se libertam de amarras, na troca de sonos e de sonhos em magias que incorporam caminhos, nos níveis superiores do Infinito. Troca de energias nos movimentos que deixam, flutuando, no meio das brisas da noite, sem amarras, num equilíbrio evolutivo que permite ultrapassar montanhas, mares, florestas, cidades, com a energia nascida no coração. Fico folha levada pelo vento em sopros de esplendor e de vibração emanados pela Mente Universal, a chave da harmonia. Na tentativa de te encontrar na liberdade das viagens que não controlo, escondo o desejo humano de, um dia, sentir o calor aconchegante dos teus braços que provocam, arrepiam. Desafiam. Ajudam.

*

Viver é nascer a cada instante
(Erich Fromm)

4 Comentários:

Blogger Gui disse...

O calor aconchegante dos braços que...arrepiam. É curioso como o calor nos consegue arrepiar tantas vezes. Mas consegue. Um beijo amigo.

5 de outubro de 2009 às 16:16  
Blogger MEB disse...

Obrigada, amigo Gui. Ando muito melosa nos últimos tempos, só para não falar em política.Um beijo

5 de outubro de 2009 às 17:54  
Blogger Fernanda disse...

Amiga MEB,

Prometi que viria mais vezes, perdoe-me mas o tempo é escasso.

Adorei este texto, é lindíssimo, tem passagens absolutamentes maravilhosas.
Beijinhos

10 de outubro de 2009 às 22:40  
Blogger MEB disse...

Querida Ná, ainda bem que gostou de um texto que me saiu da Alma. Há dias assim! Gosto de relê-lo, o que é bom sinal. Beijinhos

10 de outubro de 2009 às 22:58  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial